letra
Dacal
Relaxa
Andréia Dacal, Bruno Marcus
Compartilhar
Relaxa na estrada
Aprende que o que vem passa
Paisagens remotas
Horas passadas
Conspiradas,
Fora de órbita...
Imposta e posta as apostas
Escrevemos histórias,
Sobre nobres e insolentes
Memórias
Juntamos os elos
Relembramos,
Momentos de glória...
Sem interferência
De trapaceiros.
Sem alma vendida
presa em cativeiro.
Sem pegar carona
Ou fugir no cargueiro.
Sem perder a vida toda
para se sentir inteiro
Para se sentir...
Bula,
Manifesto,
Contra indicação.
Roteiro,
Documento,
Retrato de recordação
Antenas de rádio,
TV,
Sinal de fumaça...
Forças opostas
que se atraem
Trovoadas,
Tempestades,
Vendavais.
Círculos de vida,
Ciclos naturais...
E por isso vou seguindo
De estação em estação.
Colhendo um pouco
Semeando com atenção.
Obediência para seguir a
Direção.
Cumprindo minha parte
Na missão redenção.
Pode até parecer
Miragem
Reflexo da imagem
Manipulação.
Mas é tão claro
E evidente
Como nós sobre
O sol quente
O que insiste em dizer não.
Ouça a voz do coração...
Sem interferência
de trapaceiros.
Sem alma vendida
presa em cativeiro.
Sem pegar carona
ou fugir no cargueiro.
Sem perder a vida toda
Para se sentir inteiro
Para se sentir...
Flowers grow in dry land
The beauty from mystery
Every day a new beginning
I see since cradle
Witness
Sun after sun
I hope
I fight
And follow the path that I feel'
And that's it
music player
publicidade
Publicidade South Reggae
informações
  • 493
    artistas
  • 983
    cds
  • 96
    dvds
  • 74
    livros
  • 110
    cifras
  • 249
    letras
  • 27
    vídeos
  • 32
    países
  • 292
    gravadoras
apoio
Apoio South Reggae

South Reggae